segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Pequenas notas

. A primeira para dizer que hoje está a nevar!!! Já há umas semanas tinha nevado, mas de noite e na manhã seguinte desapareceu tudo. Desde aí, neve nem vê-la. Hoje voltou e já começou a dar um ar de sua graça. Mesmo assim, não vai durar muito tempo, porque dizem que ainda não é a época da neve.

. Estivemos em Madrid há duas semanas, mais ou menos. Viagem que até à última esteve para não se realizar (a viagem a Lisboa entretanto ficou pelo caminho). Foi muito giro, apesar de não termos feito quase nada (mea culpa!...). Foram os primeiros dias em que me senti melhorzita. Há uns dias soube que nessa altura eram os dias de maior risco para a gravidez. Felizmente passaram sem problemas e cá estamos. Uma nota para dizer que o Zé Diogo, apesar de agora ter entrado para a escola, pareceu-me estar a falar muito melhor português do que antes. Curioso. Mas muito bom. Sobre a Maria não tenho nada a dizer, porque iam todos achar que eu sou uma tia ultra-babada, então vou conter-me. Digo apenas que está amorosíssima.

. Ainda não falei aqui do nosso jantar no restaurante português. Já foi há dois meses (!), mas ainda vale a pena falar. Eu já lá tinha ido, mas durante o dia, com uma amiga, e comemos só umas entradas. Desta vez foi jantar a sério. Ficámos no andar de cima (o restaurante não é muito grande, mas tem uma espécie de mezzanine em cima com mais espaço). Estavam lá duas mesas com grupos de portugueses, uns a festejar um aniversário e outros a conviver e a assistir ao último jogo de Portugal no mundial de rugby (ao tempo que isto foi!...). Sim, porque o restaurante tem um lcd grande com SportTv!!! Muito bom. Em dias de jogos aquilo deve estar bem povoado. Bem, mas no que toca a comida... O Stas pediu uma sopa de marisco. Eu à espera de ver um creme de marisco típico, qual quê! Veio um caldo com mariscos e outras coisas a boiar lá dentro. Ou seja, nada a ver com a verdadeira sopa de marisco. Na minha opinião, aquilo é uma versão polaca, porque os polacos fazem muitas sopas assim: um caldo com coisas a boiar. Em seguida, pedimos carne de porco à alentejana e um bitoque. Novamente desilusão. Apesar de aparentarem ser o que são, estavam temperados à maneira polaca! Conclusão: é um restaurante português mas com cozinheiros polacos que quiseram dar o seu toque pessoal à comida. Uma pena, na minha opinião. O espaço está engraçado, o ambiente também, porque se ouve muito português, mas a comida... Temos de lá voltar e provar outras coisas diferentes.

2 comentários:

Ana Cristina disse...

É bom saber que já tens disposição para mandares umas noticiazinhas...
Quanto ao restaurante português, está provavelmente a imitar alguns que há por cá também, não digo no tempero mas, por exemplo, no caldo com coisas a boiar e etc...
Só o ouvir falar em português no meio da Polca já deve saber mto bem! N se pode ter tudo...
Deves anotar todas as informações no bloquinho q te ofereci por altura de tu boda, mas pensando bem, talvez já precises de vários tomos mais!
Beijinhos com muitas saudades
Quando chegam?

joana disse...

aconselho o bacalhau que de vez em quando calha bem. ou entao lombo de porco:)