quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Finalmente: a minha ida à Biedronka!

Ao fim de quase dois anos na Polónia, fui finalmente pela primeira vez fazer compras à Biedronka. A Mcf já me tinha massacrado para lá ir, mas a verdade é que na zona da cidade onde vivo não há nem uma! Apesar de uma vez me terem dito para lá ir ver se havia produtos portugueses que não há cá (tipo batata palha), nunca tive grande entusiasmo. Até porque as últimas publicidades que vi deles diziam algo tipo "90% de produtos polacos". Achei que era pouco provável que aqueles 10% fossem precisamente produtos portugueses, então não tinha vontade de lá ir.
Ontem, por fim, talvez por ainda estar na ressaca das férias em Portugal, achei que teria piada lá passar. Fui ao site deles, para ver se descobria qual era a loja mais perto de nós. Em Varsóvia há 27 Biedronkas, a maioria delas em zonas um bocado manhosas. Acabei de descobrir uma que ficava nas vizinhaças e lá fomos nós, quase à hora daquilo fechar.
Ficava num sítio um bocado escondido, mas depois de darmos algumas voltas, conseguimos chegar lá. À entrada, reparei logo nos cestos-carrinho iguais aos que há no Pingo Doce, só que em vermelho. Tentámos arranjar um que tivesse rodas, mas foi inútil: todos tinham as rodas partidas! Foi uma espécie de prenúncio do que seria toda a loja. Assim um bocado ao jeito do Lidl (como me disseram uma vez que a Biedronka era suposto ser parecida com o Lidl), nas prateleiras e chão podemos encontrar as coisas todas em caixas abertas. Tudo posto assim a granel para cada um chegar lá e se servir. As marcas para mim eram quase todas desconhecidas. Tirando uma ou outra (e a marca Biedronka, claro), nunca tinha visto nenhuma daquelas marcas. A única coisa que me impressionou positivamente foi a qualidade dos frescos. Às vezes tenho dificuldade em conseguir comprar num supermercado umas cenouras ou tomates de jeito. E ali, surpresa das surpresas, tudo tinha um aspecto "rural saudável". Fiquei fã. Mas acho que foi só mesmo disso. Vou ter de ser sincera: a loja era realmente manhosa e tinha um ar sujo... E as dúas únicas coisas que encontrei com marca portuguesa foi vinho do Porto marca Pingo Doce e pastéis de nata congelados marca Gelpeixe (Porto e pastéis de nata, ou seja, aquilo que um dia antes tínhamos trazido connosco de Portugal...). E para terminar bem, não se pode pagar com cartão. Por sorte tínhamos levado uns trocos que chegaram. Sim, porque os preços de facto são baixos (com marcas desconhecidas, não podia ser outra coisa) e pagámos menos do que o normal.
À saída, já no carro, mal tínhamos começado a andar oiço um estrondo do meu lado, como se uma pedra ou algo tivesse batido na porta. Parámos o carro mais à frente e vimos que alguém tinha atirado um tomate ou uma maçã contra nós. O que eu não sabia é que aquele bairro onde estava esta Biedronka também é algo manhoso (que estranho!).
Em suma, não penso voltar à Biedronka tão cedo. Ainda por cima também não dão sacos de plástico.

7 comentários:

Sofia disse...

Interessante saber que o "sabor do norte" marca presença em Varsóvia...só o sotaque é que não(ue).
Bjs

Tiagowski disse...

Lol! Esta semana também visitei uma Biedronka (em Cracóvia) e as minhas impressões foram exactamente as mesmas...

Tilleul disse...

Sim o Biedronka é um bocadinho manhoso mas se leres as letras pequeninas de alguns produtos, verás que são feitos em Portugal.

Eu também tinha a mesma impressão do Biedronka mas passei a comprar algumas ali porque realmente são mais baratas.

Alguns exemplos:
Fraldas - No outro comprei um pacote normalissimo por menos 14zl!!!!!! que nos outros supermercados.
Queijos - O queijo na Polónia ou é muito caro ou então há por onde escolher. Podes comprar no biedronka aquelas embalagens de queijo ja fatiado de 300 gramas pelo mesmo preço que compras 150 gramas noutros supermercados.
Pãezinhos de leite - Nãosei se ja provaste uns pãezinhos de leite pequeninos. Não interessa ao caso, o que importa é que são da marca biedronka feitos pela dan cake. E só por causa disso custam metade do preço.

O leite, o papel higiénico e como já disseste a fruta fazem do Biedronka uma visita obrigatória.

Isto é claro para tugas ou polacos que vivem e trabalham em empresas polacas com rendimentos à polaca.

Ricardo Taipa disse...

Ola patrícios.

Aqui em Łódź os "Joaninha" são semelhantes em estado de conservação e em qualidade. O que costuma comprar por vezes, para matar as saudades, é o vinho Falua da região de Palmela.

MCF disse...

Ó minha amiga, andar aqui a comentar a Biedronka (engraçado o pronome que dão aí vs o pronome que damos aqui) é estar a pedi-las!
;)

Anónimo disse...

Ora Viva!

Todos comentaram os produtos alimentares, no entanto não repararam que existe uma marca na Biedronka que é Portuguesa(CODE) e que tem de certa forma sido grande alvo de compra pelos usuais clientes da Biedronka.

Txau!
MN

CNN disse...

Mas a Bierdronka tem feito obras nas lojas, e o aspecto esta a ficar muito bom.
E os produtos de uma maneira geral tem boa qualidade.

So para nao falar do Azeite, que e o mais economico que se arranja na Polonia. Noutros locais e sempre o dobro do preco. e nao ha casa portuguesa sem azeite